Friday, 24 June 2011

Horta na varanda - Onde?

Desde que me dediquei a estas pesquisas descobri que não é preciso muitos recursos para podermos plantar legumes, ervas, flores etc. Basta apenas imaginação !

Penso que as características ideais devem andar por aqui ( texto retirado do site da Iniciativa Plantar Portugal, um local que vale a pena espreitarem e inscreverem-se

1 - Ser ligeiro, para facilitar o transporte e para não sobrecarregar a estrutura do edifício. Normalmente as varandas são projectadas para suportar cargas superiores a 300 Kg/m2.

2 - Ter uma boa drenagem, para eliminar o excesso de água nas alturas de chuva ou perante uma rega excessiva. Caso a drenagem não seja adequada, estaremos a promover a asfixia das raízes e a sua consequente deterioração e mais que provável morte da planta.

3- Quanto maior for o volume do recipiente tanto melhor. Ao contrário do que muitos possam pensar, o mais importante é o volume total de substrato que um recipiente pode conter e não a profundidade. Com uma profundidade mínima de 15-20 cm é possível cultivar qualquer hortícola sem problemas. As plantas mais pequenas, como a alface, necessitam de menos volume (1 litro), ao passo que plantas como as beringelas, pimentos ou tomates necessitam de recipientes com uns 20 a 30 litros no mínimo.

4 - Ter um bom isolamento. A madeira ou o barro protegem melhor as raízes do calor e do frio. Isto é sobretudo importante em recipientes pequenos, já que nos recipientes maiores o volume de substrato reduz os efeitos das variações extremas da temperatura.

5 - Ser de fácil manutenção. Vasos, floreiras ou mesas de cultivo devem permitir uma boa - manipulação das plantas e limpeza do solo.

Passando à prática, aqui ficam umas ideias:

Floreiras verticais ou cestas, como aqui explicado pelo Cantinho das Aromáticas

Procurando na internet há imensas ideias para reciclagem de garrafas e garrafões PET


Ou porque não em canos dePVC






Aqui por casa tinhamos a ideia de fazer um canteiro elevado (raised bed) uma vez que temos um terraço impermeabilizado e com espaço para podermos dar largas à imaginação.




Desenhámos um projecto simples com base nas madeiras próprias para exterior que se vendem nas superficies comerciais e depois pusémos mãos à obra :)

Forrámos com tela geotêxtil para deixar drenar.



Et voilà
Mas como apesar de lermos muito e haver muitos sites de internet que explicam mil coisas, há factos que só lá vão com a experiência, pois usámos pregos e parafusos e também cola para reforçar mas a água e o sol fazem com que a madeira inche e agora estamos com um problema: um dos cantos está a abrir. Isto não compromete o canteiro nem as culturas, contudo avisinham-se novos projectos de canteiros lá para o final do Verão e desta vez com base num sistema de encaixe, depois partilho o resultado.

2 comments:

  1. Boa tarde,

    Estou interessada! Sempre partilharam a nova versão de encaixe?
    Cumps,
    Andreia

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Andreia,

      POis é desde então já criei várias opções ..pois estou sempre a testar maneira de optimizar o espaço que tenho. Vou colocar assim que possível novos posts com novos canteiros :) Obrigada pela visita!

      Delete